segunda-feira, 11 de julho de 2011

Madeleine's post - Até que ponto vale a pena?




Meninas, vi esse post no blog da Madeleine há um tempo e posto aqui:

Posso um dia pesar apenas 10kgs, mas sei que vou me olhar no espelho e chorar, me sentindo gorda. Posso ser apenas ossos, verei apenas gordura. Vocês não sentem falta de passar um dia tranquilo, sem se preocupar com o peso? Comer algo que tem vontade sem chorar depois? Se sentir confiante entrando numa calça 38, 40, sem precisar entrar numa 34 pra se sentir feliz? E de saber que alguém te ama pelo que você é, e não pela sua magreza? Imaginem, poder passar um dia com amigas "normais", comer pizza, cupcakes, refrigerante, salgadinhos, ver filmes, dar risadas, um girl day normal, sem chorar de culpa ou vomitar depois? Comer uma barra de chocolate e sorvete na tpm, sentir o alivio da glicose no sangue, sem a culpa depois. Sair com os amigos e rir das piadas naturalmente, sem estar mentalmente contando calorias e pensando no próximo nf. E quanto a roupas? Temos um dinheiro e ao invés de comprar aquela roupa maravilhosa do tamanho certo, usarmos, nos arrumarmos e nos sentirmos lindas, compramos mil números menores, para "motivar", e deixar ali, dinheiro gasto a toa, sonho de consumo, jogada no armário, nos fazendo sentir culpadas e gordas sempre que olhamos pra maldita roupa. Mentir para todas as pessoas que nos amam, "já comi antes de vir" e etc, que se preocupam conosco, para manter aquele lf, não quebrar aquele nf. Passar mal escondido, toda aquela dor da fome, sentir o estômago revirando e se contraindo, os ossos doloridos, a cabeça explodindo. E a fraqueza? Perder o ânimo de sair, nem querer mais passear com os amigos por falta de força. Aquele garoto que você sempre gostou, parando de te olhar porque afinal, você não tem mais corpo nenhum, são apenas ossos. As pessoas terem aflição de te abraçar por que só sentem ossos e mais ossos. Todos os cortes a cada dia de compulsão, a pele nem tem mais lugar para ser cortado, inteiramente marcada e mutilada.
Todas as lágrimas derramadas.
No fim das contas, é isso que a anorexia faz. É por isso que tantas garotas morrem ou se matam. Tudo para sermos magras e "lindas", mas até que ponto a magreza é bonita? Duvido que alguém aqui acha bonito aquelas crianças africanas que ficam sem comer contra vontade própria. O corpo de uma garota que não come por meses, fica igual. Duvido que alguma de vocês é plenamente feliz e muito menos saudável.
Vocês lembram de antes? De quando éramos todas normais, como tudo era mais fácil? Anorexia não é o caminho, para nenhuma de nós. Eu cansei disso. Vou emagrecer e manter meu peso de maneira saudável. Continuarei postando aqui minha futura rotina, e espero que sirva de exemplo para vocês, que a anorexia não é o único modo de ser magra e muito menos o mais fácil. Espero também que esse post faça vocês pensarem. Não é alguém de fora que não entende falando, é o post de uma garota que a anos luta contra e com a anorexia, e que notou que a única forma de ser feliz é se libertando disso. Espero que entendam, e continuem me apoiando na minha caminhada.
by Madeleine


=====================EDITANDO========================


Por coincidência, quando editava esse post, abri a home e vi o post da Madeleine:

Desculpem-me pelo "sumiço", eu achei que me afastar do blog me ajudaria a fugir da ana(...) Cheguei novamente aos 57kgs. (...) aqui estou eu de novo, correndo atrás da magreza. Depois de muito exercício e lfs, voltei para os 54kgs(...) Quero 48kgs, custe o que custar. E lá vou eu, mais uma vez, entrando na loucura que é a anorexia.


Porque coloquei isso? Hoje de manhã me senti mal, fui ao banheiro miar mas acabei chorando. Chorar me alivia, é tão agradável quanto miar, tira todo o peso que tenho, é como se a gordura e a culpa fossem embora pelos olhos >.<
Enfim, fiquei um bom tempo me olhando no espelho e pensando o quão horrível é a anorexia. Não vivo com a ana, eu sofro com a ana. Quando descobri a ana já era tarde, já perdi muito peso.
Sabe o que me deixa triste, com raiva?
Assim que decidi "assumir" a ana, pedi ajuda a algumas pessoas. Pessoas que achavam que fossem meus amigos me viraram as costas. E pessoas que eu nem tinha idéia, que jamais pude imaginar estenderam a mão, o braço, etc.

É nos piores momentos que realmente vemos quem se importa de verdade.
Mas agora é tarde. Várias pessoas tentam me ajudar mas devo dizer: é tarde.
No começo do ano, quando busquei tratamento, quando busquei confiança, quando busquei ajuda ninguém quis me ajudar, muitos até me xingaram e me julgaram; depois de meses mal, com a mente e os ossos doendo, fiz o blog e recebi carinho, um carinho que nunca tinha recebido antes.
E quando finalmente fico feliz, com diversas amigas e companheiras, vem gente querendo que eu vá me tratar. Por que?
Porque estou magra demais? Porque não como? Porque acham que eu vou morrer? E se for? Melhor morrer feliz do que viver eternamente triste, se odiando.
To defendendo a ana sim, pq mais do que tudo não queremos ser apenas magras, queremos nos sentir bem. Eu não me importaria se fosse gorda, se fosse baixa, se não tivesse uma perna; desde que eu me sentisse feliz nada mais me importaria.
A sociedade tem preconceito com aquilo que não acham correto, tudo que não condiz com a sociedade é errado. E daí? Viveremos tristes pra nos encaixar no termo "gostosa", pra ter olhares maliciosos sobre nós? Desculpem, mas vão se fud*r!


Pro ana sim!! Por um destino mais feliz ♥

27 comentários:

  1. É isso aí Thalita, concordo com vc. Não devemos viver pra agradar ninguém. Somente a nós. Eu tbm já pensei muito em pedir ajuda, mas não vou fazer isso, pq sei que vou me arrepender. Busco constantemente me sentir bem, não é fácil, sou uma pessoa difícil e sou muito critica comigo mesma.
    Eu nunca quis me sentir dentro desses padrões (as gostosas), acho esse tipo de corpo horrível e até mesmo vulgar. Acho bem mais feminino e atraente uma menina meiga e bem magrinha!
    Vamos fazer com que nossos objetivos valham a pena, vamos busca nossa felicidade, e quem sabe um dia olhar no espelho e nos amar!
    Desejo tudo de bom pra vc e que vc alcance sua felicidade minha linda!!!
    Bejuh ♥
    Se cuida!!!

    ResponderExcluir
  2. iSSO mesmo... quero é me sentir bem, confiante!
    acho q vale a pena se oq importa é ser felizzzz
    Um beeeeeeijo

    ResponderExcluir
  3. Concordo um milhão de vezes. Canso dessas pessoas, porque por todo lado parece que todos estão nos julgando e ainda querem nos "tratar". Amei o texto, tanto o seu quando o da Madeleine. Beijos e força pra todas nós.

    ResponderExcluir
  4. Oii flor, tbm concordo cm tigoo "Melhor morrer feliz do que viver eternamente triste, se odiando."
    Bjão flor, e mto obgdo pelo apoiio lah no blog
    Bjaoo e força ^^'

    ResponderExcluir
  5. eu vi o post da madeleine e fiquei pensando um bom tempo.. bom mais eu concordo com tudo o que vc disse! dizem pra nós sermos felizes e encontramos essa felicidade na ana e se quiserem nos tratarmos eles irão tirar essa felicidade da gente não é?
    beijos e forças:*****

    ResponderExcluir
  6. nossa adorei esse post,acho realmente isso,eu não quero ser gostosa eu quero gostar de mim mesma só isso e fazer oq se só temos esse metodo,se cuie querida,obrigada pelo apoio

    ResponderExcluir
  7. É nessas horas que descobrimos quem são nossos amigos mesmo né querida,também ja passei por situaçoes assim!Aqui você sempre tera o apoio que precisar,pode desabafar comigo também linda!Eu concordo com você,o que importa é nos sentirmos felizes e não agradar a sociedade!beijos e mt força ;*

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pela força de sempre viu magra linda!
    Eu nao li o post...aliás hoje nao to lendo o de ninguém so to passando pra dar uma força. Não to muito bem. Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    eu também sigo a Madeleine e tinha lido está postagem que ela fez.
    Espero então que mais do que ossos você consiga encontrar uma forma de viver de bem consigo mesma.
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente o que vc disse é verdade, a sociedade nos faz sentir gorda e excluida, fazem a ana e a mia entrar em nós, depois querem tirar isso da gente. Mas ninguém estende as mãos pra nos ajudar.
    Respondendo a sua pergunta, cometi um engano ao somar as kcal, realmente nao dá só 480, dá um pouco mais de 500, mas se eu conseguisse pelo menos isso tava bom.
    Beijos. Tenha uma linda semana^^

    ResponderExcluir
  11. Ah em parte eu concordo com que a Madeleine disse, mas cada tem que fazer sua opção né? eu já fiz a minha, e mesmo que eu me arrependa no final, eu não me importo mais de dizer não pros seus amigos, ou ficar contando minunciosamente minhas calorias, é assim que eu sou! e isso já faz parte de mim... então eu acho que eu nunca vou chegar nesse momento de reflexão igual ela chegou...

    ResponderExcluir
  12. Concordo, oque importa é ser feliz, que os otros se fodam.

    ResponderExcluir
  13. Ser feliz acima de tudo!Nunca podemos ouvir o q a sociedade ipócrita diz.
    Bju e força linda*-*

    ResponderExcluir
  14. Concordo, tem umas que viram Fake Anas por modinhas. Odeio isso, mas nem julgo-as. A maioria cria blog, fake no orkut, por pura modinha. E fingem ser nossas amigas e depois quando precisamos só as de vdd nos ajuda. Sabe pq? Pq sabem o que passamos. As pessoas acham que temos a Ana por brincadeira, por sermos "rebeldes" já observei muito isso... Fico puta da vida com isso :@ Mas o post da Madeleine's me fez lembrar a epoca que eu era feliz, infacia, comia e não engordava. Querendo ou não, eu virei ana pelo que as pessoas diziam que iria acontecer comigo...baleia... E odeio elas, fazem comentarios maldosos. Não sabem elas quais transtornos elas podem causar... O primeiro transtorno que sofri foi Fobia! A quase tudo, me livrei um pouco disso, mas fobia as pessoas eu ainda tenho. Só espero coisas ruins delas...

    ResponderExcluir
  15. 'Viveremos tristes pra nos encaixar no termo "gostosa", pra ter olhares maliciosos sobre nós?' - antes de procurar a ana (que é o que estou fazendo), tinha entrado na academia, fazia musculação, queria ficar 'gostosa' mesmo. Porém quando percebi que ao mesmo tempo que me julgavam por ser magra e não gostosa, que riam da minha cara por eu não ter peitão, bundão, coxão; tinha gente que daria tudo pra ter o corpo que eu tinha, as vendedoras das lojas dizendo que eu tinha um 'corpinho', porém eu não me sentia bem assim, pois a sociedade BRASILEIRA prega que o ideal de beleza é ser gostosa. Passei anos sem usar uma legging, sem me sentir confortável na praia, me diminuindo ao lado das minhas amigas gostosas. Até que conheci a ana, ela não quer uma gostosa, ela quer uma magra. Pela primeira vez na minha vida a magra é a bonita. Porém, agora, não me sinto mais tão magra como antes :x
    Desculpa o tamanho do comentário, foi um desabafo =\

    ResponderExcluir
  16. AMEIIII o post!
    realmente o q todos procuram é ser feliz, entao todos tem q sair procurando sua própria felicidade e nao se metendo na dos outos!!!
    bjookas
    parabens pelo post!

    ResponderExcluir
  17. Realmente... se não estamos felizes do geito que somos, então vamos procurar o que nos faz feliz. Apesar deu não ser ana, procuro perfeição.

    ResponderExcluir
  18. Realmente vamos em busca do que nós faz feliz, ser feliz é uma coisa que eu estou desconhecendo a cada dia que passa porqe? porque cada dia que passa me vejo mais gorda, excluída e fútil, não quero ser magra para que me aceitem quero ser magra porque sei que vou me sentir mais feliz comigo mesma !

    ResponderExcluir
  19. Ammei o post Thalita, aliás tudo o que você escreveu no meu "sumiço" me incentivou a continuar. Um beijo, se cuida!

    ResponderExcluir
  20. É complicado mesmo!!!!! E é incrível como as pessoas só querem nos ajudar quando é tarde mais =/

    beijinhos

    ResponderExcluir
  21. Nossa esse post foi 10 =), concerteza... Desde de que eu criei o meu blog, o recebi um carinho imenso, pessoas me motivando... Pude desabafar ( no meu antigo)... Nossa, e as pessoas que me rodeam nenhuma, nenhuma nunca neem ligou p/ mim =(... A Ana é uma fuga. E eu acho que essa Madeleine não sabe nem ao menos soube o que é ser Ana... Sabe, eu não me aceito do jeito que sou =( ... E eu não suporto conviver com isso! Parar em frente ao espelho e ver que você é a coisa mais gorda que o mundo pariu...? =( Isso me deixa triste... As vezes eu quero parar, mais a minha imagem é a minha maior motivação"
    Certo =(.
    Beijão,obrigada por me seguir e comentar no meu blog =) : canyouseemybones.blogspot.com
    Ass : Fah"

    ResponderExcluir
  22. oi, li seu post, concordo contigo que a gente tem que ir atrás do que nos faz feliz!
    Se você é feliz com seus ossinhos aparecendo conte comigo pra continuar assim!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Esse primeiro texto da Madeleine fala muito a respeito da ana e o ki ela faz conosco, tanto sofrimento e angustia em se olhar no espelho e se achar gorda por mais esquelética ki esteja, sentir saudades da 'normalidade' de antes. Enfim, são fatos ki realmente acontecem, mas eu afirmo ki td isso acontece pq a ana sabe o ki faz, esse eh o caminho da perfeição, e por isso eh propriedade de poucos.

    Amei o post, faz a gente ter mais certeza ainda do ki queremos

    Bejuh ^^

    ResponderExcluir
  24. SEM COMENTÁRIOS. concordo plenamente .-. ....

    ResponderExcluir
  25. É... tudo para nos sentir bem. Até que ponto vale a pena? Não sabemos, mas infelizmente agora é tarde, carregar a culpa por comer é péssimo. Estou aqui se precisar, ok?

    ResponderExcluir
  26. Eu me identifiiquei muito com esse post da Madeline. No fundo no fundo, todas querermos ser normais e felizes.

    força pra você, flor!

    eu sou nova por aqui. O meu blog é bem novinho. Dá uma passada por lá se puder www.diariodaperfeccionista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. De todos os blogs o seu é o que mais me motiva a seguir na ana. Obrigada, de coração. s2

    ResponderExcluir

Seguidores