sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Post do blog da Zenaida [zenaida-anamia.blogspot.com/], tive de reblogar!

"Quando você começar a
se sentir tonta e fraca,
está quase lá".
É uma frase comum de se
ver nos blogs pro-ana:
"When you start to feel dizzy
and weak, you're almost
there". Pra quem não teve
uma real experiência do que
é se sentir tonta e fraca,
tenho algo a dizer: ficar sem
comida por um ou dois dias
não é o suficiente. Se você
não passar mal, muito mal,
se não ficar praticamente
definhada de inanição,
então você não apenas está
no caminho errado, como
simplesmente não sacou a
essência da anorexia e está
perdendo seu tempo.
Eis a verdade: não é fácil! É
preciso tolerar muita coisa.
Primeiro, o tempo que custa
a passar até que as dores
principiem. Depois, as
próprias dores. Sim, porque
um dos maiores erros que
você pode cometer é
comer ao primeiro sinal de
tontura, fraqueza ou dor -
pois é justamente nesse
momento em que você
estaria começando, de
verdade, a emagrecer.
Persistindo sem comida,
perceberá que, durante o
processo (que deve durar
tanto tempo quanto você
realmente aguentar), inicia-
se uma perda maciça de
peso, em curto prazo. De
um dia pro outro, por
exemplo, você já vai poder
notar que as pernas terão
afinado. Isso, talvez, seja a
maior motivação para driblar
a dor e continuar a
tolerando.
No entanto, até chegar
nesse estágio, é preciso
paciência. São três, quatro,
cinco dias sem comida até
que as dores comecem a
aparecer. Mas, assim que
vierem, agarre-se a elas.
Isso é a anorexia agindo no
seu corpo - arrancando dos
seus ossos toda essa massa
podre de gordura e carnes.
Seja racional: num processo
de emagrecimento, o peso
que se perde não
"evapora". A gordura e a
carne são intensamente
arrancadas de cima dos
seus ossos e vão pro
intestino, para depois
poderem sair. Você pensa
que esse processo não é
dolorido? É CLARO que é!
Mas se você é forte, vai
conseguir.
Algumas observações:
As maiores dores são de
estômago. Ele se contrai
com muita força, fica
minúsculo, dói agudamente
e parece querer puxar do
próprio corpo o que
necessita pra se alimentar;
de fato, é o que está
acontecendo - por isso,
aguente firme.
Você mesma passará a ser
o alimento do seu próprio
corpo, lembre-se disso.
Você mesma vai ser a
comida que o seu
organismo passará a digerir.
Que aparência tem essa
comida? Não sei. Mas
observe as fezes; elas
passam a ter uma aparência
específica: são gordurosas e
mais claras que o comum

16 comentários:

  1. Sem palavras para tal declaração, feita por uma pessoa realmente muito forte, quem sabe, algum dia chegarei a ser essa pessoa
    XOXO

    ResponderExcluir
  2. Oi, miga...maravilhoso e inspirador!!!
    Sabe que essa sensação do corpo fraco, das mãos tremendo eu já estou me acostumando e confesso que até estou aprendendo a gostar dela?
    É como se fosse a minha prova de auto-controle!!!
    Ultimamente eu tenho sentido muita dor nas pernas, como se elas estivessem fracas mesmo, sabe? bjx e força 4 ever

    ResponderExcluir
  3. Oiiie flor
    obrigada pelo apoio no meu blog estou precisando muitoooo

    beijunhossss

    ResponderExcluir
  4. Oi flor passei pra desejar um ótimo fim de semana, muitos beijos, e muita força.

    ResponderExcluir
  5. Vc é forte, não tem compulsão, não tem gula.
    Mas tbm tenho medo pq sei que essas "dores" refletem problemas sérios de saúde, muitas vezes irreversíveis.
    Queria viver magra, não adianta ser magra semi-viva... entende?
    (complicado, Thalitinha! não sei o que fazer!)
    fica bem!

    ResponderExcluir
  6. Esse texto é mesmo muito forte!
    Acho que ainda não tenho nem metade dessa força!!! =[
    Obrigada pelo carinho e pelo apoio no meu cantinho!!!

    Ah, tem o meu selinho de presente pra você lá!

    cheirinho

    ResponderExcluir
  7. Melhor texto que li até hoje :) Amei de verdade :)


    noiteeverao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Ola, mas que descrição, só prova que a gente b´não se pode deixar levar pelas dores e seguir o nosso rumo, posso fazer-te uma pergunta ? Quanto é que você emagrece em 4 dias de NF mais ou menos ?

    ResponderExcluir
  9. oii flor, eeeh mesmo, esse texto nos incentiva mesmo pra perfeição
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Nunca tinha pensado nas minhas dores desse jeito:(

    Se "como a mim mesma " estou bem nutrida não preciso comer mais nunca.
    As precipitações de desmaios,as tonturas,meus ossos estralando e meu estômago embrulhado são meras ilusões da minha mente.
    Não preciso da comida para viver.
    Preciso da felicidade.Só vou encontra-la se for pura o suficiente e não sujar meu corpo com comida inútil.
    Preciso ser leve para flutuar e alcançar essa tal felicidade,se eu comer nunca vou conseguir.
    Somente os que conseguem negar a comida,ser forte e perseverar, sabem o prazer,a realização,a incontida alegria, a plena felicidade de sentir e ver os próprios ossos.

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Nossa, com certeza esse post foi assustador, revelador e me fez abrir os olhos, acho que está chegando a hora de eu começar a testar meus limites!.
    Beijão"

    ResponderExcluir
  12. WOOOW, gente, não façam isso não! Ser Ana mia é difícil, é obvio, mas se vocês ficarem 5 dias sem comer, no Sexto dia, vocês vão engordar TUDO DE NOVO! NÃO SEJAM BURRAS!

    ResponderExcluir
  13. Incrivel, meu mais novo thinspo é esse texto!!!!!!

    ResponderExcluir

Seguidores