quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Amiga Ana

Voce conhece a Ana? Ou a Mia?

A Ana eu conheço, mas a Mia (ainda) não. Não quero conhecer a Mia, mas ela insiste. Vez ou outra ela está prestes a aparecer mas insisto para ela ir embora. A colega dela, Ana, já conheço faz algum tempo. Não sabia quem era, nunca tive vontade de saber. Mais um dia ela apareceu. Aliás, quando soube da existencia dela pude saber que ela já estava na minha vida. Desconfiei que estivesse há uns 2 anos, mas pensando e analisando melhor, acho que eu e Ana fomos apresentadas faz uns 5 anos (contando com esse, são 6 anos).

Não sei se Ana é minha amiga ou inimiga; algumas vezes odeio ela, em outras acho até fofa, mostrando meus lindos ossinhos, mas me incomoda um pouco. O que realmente me incomoda é a amiga dela, Mia. Não sei se estou pronta para conhecer, tenho medo dessa "amizade" estranha.
Ana é minha amiga de desespero, solidão. Quando mais precisava, quando não tinha ninguém, nem família, ela me consolava. Ela me dizia o que fazer, o que não comer. Mas não sei se devo continuar com essa amizade, ela pode acabar me fazendo mal. Muito mal. De uma coisa eu sei: posso ou não continuar com a Ana, mas a Mia não. Não sei como seria conviver com elas duas, ao mesmo tempo. Uma já é difícil, mas as duas?

Bom, vou indo agora, vou dormir, até depois. Voltarei pra escrever, não quero ser mais uma das que dão beijos, abracinhos, etc e nunca mais postam nada por estarem...bem, o resto voces devem imaginar. E não é um final feliz.

Meu dilema

Olha, faz pouco tempo que descobri que sou Anna, mas fui mais a fundo e acho que sou Anna faz uns 5 anos (com esse, 6 anos).

Gente, não sabia disso, só sabia que, seja lá por qual motivo, queria emagrecer e atingir uma meta. Já consegui essa meta (sério, daria inveja as thispirations). Mas vamos ao que interessa:

Eu não tinha por objetivo ser Anna. Sério. Me assustou muito quando descobri, chorei tanto... E quanto mais eu chorava, mais eu me sentia triste, mais deprimida ficava, mais sem comer estava. E, ao mesmo tempo, minha família estava brigada (uns com os outros) sem chance d'eu pedir ajuda a alguém. Pois é, passei por tudo, agora quero me livrar da Anna.

A Anna está me incomodando. Devo admitir que adoro meus ossinhos do meu corpo todo, tão lindos, alguns amigos me idolatram pela minha magreza, sou uma thispiration. Mas já atingi minha meta e agora quero parar. Tenho vergonha de pedir ajuda pros meus amigos, que são muitos, por medo de me largarem se souberem que sou Anna.

Além disso, me machuco muito por estar muito frágil. Lembrem-se, eu NUNCA quis ser Anna. Aconteceu por stress. Se alguma de voces puder me ajudar a NÃO SER Anna eu agradeço, e muito!!

Obs.: Gostaria que me ajudassem, estou a ponto de conhecer a Mia e sério, não to nem um pouco a fim desse encontro acontecer.

Seguidores