segunda-feira, 22 de julho de 2013

Comida

“Ah, a comida. Que inimigo. Que monstro. Porções pequenas pra acabar mais rápido. Cada mordida uma tortura. O difícil ato de comer. Algo que nutre, algo que destrói. Como uma simples matéria morta causa tanta confusão? É massacrante.“

“Eu estou bem“, disse a menina que se olha no espelho todas as manhãs e sente nojo de si mesma.

posted from Bloggeroid

Um comentário:

Seguidores