terça-feira, 20 de agosto de 2013

Sem título 20/08/13

Já fui anoréxica de sentimentos. Hoje me alimento de amores, de paixões, não me privo de sentir, conquistar, sorrir e chorar quando necessário.
Meu alimento é viver.

posted from Bloggeroid

3 comentários:

  1. Intenso, muito belo, isso sim eh poema!Retrata a verdade, a luta de alguem que apesar de uma doenca, conseguiu sentir tudo isso,mostrando do que eh capaz, e que o alimento nao se trata so de comida, mas de algo muito mais complexo e significativo que isso, viver.Belo!

    ResponderExcluir
  2. Eh isso ai Tha...to sempre aqui torcendo por vc *-*

    ResponderExcluir

Seguidores