quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Então... você quer ser anoréxica?

Texto retirado do blog Wintergirl


Então...você acha que passar fome é um bom jeito de perder peso, não é? Acho que você leu muitos contos de fadas. Bem, este não é um deles. Nem os distúrbios alimentares o são. Eles são um INFERNO puro. Mas, visto que você quer um, vá em frente e prepare-se para um.
Mas eu vou deixar você saber exactamente o que lhe vai esperar.
Se isto não te faz perceber o quão estúpida você está sendo e que está tentando desenvolver um distúrbio alimentar, seja ele anorexia ou bulimia, então desejo-lhe sorte em se matar.
Porque é isso que você vai estar fazendo.

A coisa mais irónica sobre as pessoas que tentam perder peso passando fome é que metade do tempo não funciona. Aposto que você acha que vai acabar loucamente magra e bela, certo? Errado. Não vai ser linda. Uma coisa certa. Louca é parte do pacote. Sua cabeça não vai voltar a ser sua. Dê um beijo de despedida e espero que não desfrute disso.

Quando menos você comer, mais lento seu metabolismo fica. Você pode passar fome e passar fome e mal perder peso...ou você pode ter sorte: pode passar fome e passar fome e ganhar peso. O seu corpo "desliga" e o peso vai para lado nenhum. E mesmo você sem perder peso você vai VICIAR. Não vai poder parar.
Na altura que o seu corpo ficar desnutrido você vai estar longe de pensar "Ah..isto não está a resultar...vou voltar a comer". Não. Você vai ficar desesperada e comer menos e menos e exercitar mais e mais. Eventualmente, você vai deixar de se poder exercitar. Seus músculos vão parar de cooperar. Você vai entrar em pânico e tentar comer menos e menos para compensar o facto de não puder fazer exercício no seu cú.
Você mal vai estar comendo o suficiente para se manter viva mas você não pode parar. Não está funcionando e você não pode parar. E mesmo que funcione ou não, você não vai ver a verdade. Você nunca vai ver seu verdadeiro aspecto. Não importa o que aconteça você vai sempre achar que TEM de perder peso. No mínimo uns 40kgs. A verdade é que não importa se você pesa 70 ou 30kgs, você vai ser sempre gorda. Louca é o termo, certo? Você vai estar louca. Você pode ser daquelas que mal perde peso e você acha que por isso não está doente. Mentira.

Seu cabelo e pele vão ficar secos, seus dentes doloridos, sem período, seus ossos doendo, seus músculos causando cãibras...bem, não preciso continuar. Você quer isto, claro. Porque claro, você não vai ser assim. Você não vai ser uma falhada. Você vai ser magra e perfeita. Bem-sucedida. Linda.


Visto que você vai ganhar, porque não lhe digo o prémio hmmm?? Até é bom. Você vai ser magra. Você vai ser doentiamente magra. Suas costelas vão aparecer, os seus ossos da anca vão ser visíveis e pontiagudos. Mas você não vai ver isso. Você vai olhar no espelho e se ver gorda. Banhas de gordura, rolos. Você vai olhar para as garotas que pesam 20kg mais que você e perguntar porque não pode ser tão magra como elas. Você vai olhar no espelho todos os dias e jurar que ganhou, no mínimo, 10kgs. Todo o mundo vai ver você encolhendo, mas você não. Você nunca vai ver a verdade. Os outros vão, embora. Você vai ser doentiamente magra mas não vai ser bonita. Todos vêm isso menos você. Você vai estar encarando seu cú e perguntando quando você virou apenas gordura. Você não vai ser atraente. Não vai. Vai ter enormes círculos negros abaixo de seus olhos, olheiras. Sua pele vai ficar de um pálido pastoso com tons cinza. Maquilhagem não vai ajudar. Não vai, nem tente. Vai perder tempo. Tempo que podia ser utilizado no seu passatempo favorito: encarar a comida na despensa. Mas é claro que as pessoas não vão notar que você tem cor cinza, vão tomar mais atenção em suas olheiras e hematomas, pretos, azuis, verdes. Vai estar coberta deles.
Tudo em que você toque vai resultar num hematoma.
TUDO.

Tem um cabelo bonito?
Vai deixar de ter.
Vai tornar-se palha seca e sem brilho. Acha que condicionar vai ajudar? Não vai. Não vai e não faz sentido sequer você tentar. Você pode suavizar seu cabelo por um tempo (e gastar metade da embalagem, claro) mas não vai tornar seu cabelo melhor. Compre tintura para cabelo. Eu espero sinceramente que você não tenha um cabelo com uma cor legal porque vai deixar de ter. Sim...a cor do seu cabelo vai desaparecer. Talvez tenha alguns cabelos brancos ou cinzentos. Cinzento é uma cor bonita, não é? Eu prefiro gostar. Acho que o meu castanho acinzentado com um pouco do meu cabelo natural loiro adiciona...um pouco de dignidade no meu look, sabe?

Oh, falando de cabelo. Gosta de cabelo facial? Espero que sim. Você vai ter. Ah, e eu tenho umas costas encantadoras. Lindas. Na verdade, tenho cabelo sexy em todo o lado. Uhuhuh. é atraente. Todos os garotos adoram e todas as garotam querem. Têm inveja, sabe. Diga-lhes como: passando fome. Nem o vão tentar, sabe porquê? Porque não é inteligente nem saudável...não, oh espere. É porque elas são fracas. Não tão fortes como você.
Enquanto falamos seus músculos estão deteriorando e você nem consegue suportar um peso de 3kgs mas ainda é forte, né? Sim...porque você não precisa de comer. É verdadeira força, certo? Impedindo seu corpo de ter o combustível básico para sobreviver. Yep...inteligente e forte.

Aposto que você é daquelas garotas com lindas unhas naturais. Aquelas brilhantes que são tão compridas que todo o mundo acha que são falsas? Corta-as. Vá em frente e corte-as logo. Elas se vão partir brevemente de qualquer modo.

Beije seu novo cabelo cinzento também. Ele vai começar a cair por esta altura. Você vai ter de limpar o rale umas 6x durante o banho.

Ah, você também precisa de encontrar um jeito de jogar no lixo seus tampões e isso, para parecer que você os tem usado. Lembre-se de pedir à sua mãe tampões uma vez por mês. Ela não pode saber que ficou sem período. Pois você vai. Inevitável.
Espero que não tenha estado a fazer sexo porque você nunca vai saber se está grávida ou não. É melhor fazer o teste de semana a semana, ou isso. Mas sim...você ainda pode engravidar. Apesar de até isso poder acabar. Espero que não ame o bebé, porque tem mais hipóteses de o perder. Também é melhor que o perca porque os efeitos nos bebés dos distúrbios alimentares são horríveis. Assim você pode viver sabendo que seu filho morreu ou vai ter de passar a vida com alguma incapacidade por causa de você....mas valeu a pena para a magreza. Um pequeno preço a pagar pela perfeição, mesmo não sendo só você a pagar por isso. Quem precisa das suas faculdades mentais completas? Espero que seu filho não precise. Mas como já disse, isto tudo pode nunca vir a ser um problema: você pode mesmo ficar infértil. Nunca ter filhos. Oh...gravidez torna você gorda de qualquer jeito, não é?

Já que você é daquelas especiais, sabe? Anoréxicas/anorética, aposto que você adora água gelada. Despeje. Beba água morna, coca cola diet quente. Dói até demais beber bebidas geladas. Você está tendo dentes sensíveis a um novo nível. Esqueça aquelas pastas de dentes especias, embora. Não vão funcionar quando seus dentes estão morrendo lentamente por falta de vitaminas. Nunca gostei de dentes de qualquer jeito. Dentaduras são agradáveis.

Como você gosta de se sentar? Oh...gosta de pernas cruzadas? Hmm....que pena. Já não pode fazer isso. Suas pernas vão ficar dormentes até aos seus quadris. Dolorosamente dormentes. Não é como você estava acostumada: àquele formigueiro. Este dói. Um concelho: depois de as descruzar, apenas se sente. Não tente mover as pernas, ou bater para as "acordar". Má ideia...muito doloroso. Não se levante também. A não ser que gosto de entrar em colapso.

Desmaiar é comum. Não penso que você possa esconder isso. Sempre que você desmaie na sala em frente de sua mãe ou irmão eles vão perguntar-se porquê...e a menos que eles sejam idiotas vão perceber porquê...especialmente quando você está 7kgs abaixo de peso. Prepare-se para lhe encherem o saco: coma isto, coma aquilo, porque você está fazendo isto consigo mesma/o???

Você pode tentar fugir a isso e ir para o seu quarto. Pode se deitar na cama e morder seu lábio até sangrar. Porquê, você ainda pergunta?? Cãibras, claro! Devo de ter esquecido de mencionar as cãibras! Ohh, cãibras são legais, não é? Seus músculos em nós excruciantes. Você vai tentar massajar os nós...mas...não há nós. Você apenas sente que há. Não há nada que você possa fazer, nenhuma massagem. Apenas se deitar e tentar não gritar. Acredite em mim...você vai querer gritar. Mas claro, você pode esfregar e massajar, se isso fizer você se sentir melhor fingindo que há algo que você pode fazer. Mas tente não pensar nas cãibras. Pode ficar distraída por suas dores de cabeça. Tente tomar um reméd...oh espere, seu estômago está demasiado vazio. Vai fazer você vomitar em todo o lado.

Mas vale a pena, não é?  Tudo vale a pena: seu cabelo, unhas, ossos, músculos, filhos, sua família, tudo. Sacrifique tudo isso, jogue tudo fora. Você é magra agora, é tudo o que conta. Embora você nem sequer saiba que está magra.

Você provavelmente vai ter dores no peito, batimento irregular do coração. Isso é muito assustador, pois você não queria morrer, apenas ser magra. Mas lembre-se: você não pode contar. Contar é proibido. Pedir ajuda é para fracos.

Tem problemas com depressão? Agora você tem. Quanto menos come, mais deprimida você fica. Parte por falta de vitaminas, outra parte pelo adorável distúrbio alimentar, ou por hormonas. Tem problemas com insónias? Pois, você vai ter também. Vai estar sempre exausta, mas nunca vai adormecer. Quem precisa de dormir, de qualquer maneira?? Estar acordada queima mais calorias.

É boa aluna? Já não. Já não se vai poder concentrar. Sua cabeça não vai funcionar. Você só vai pensar em comida. Sua notas vão cair. Quer recuperar? Vai ter de deixar a escola. Reprovar soa bem para você?

Gosta de balada, sair com amigos, cinema, shopping? Vai deixar de gostar. Vai estar com muito medo que notem o quão obesa você é. Você agora não pode sair de casa sem se esconder em muita roupa, toneladas dela, pois morre de medo que notem o quão nojento seu corpo é. Ah, e você vai estar SEMPRE com frio. E vai tornar-se mais nervosa, agitada. Vai ter dificuldade em falar. Tem problemas com gagueira? Agora você tem. Nunca teve problemas com memória...agora tem. Vai se esquecer do que vai dizer muitas vezes. Adeus memória.

E você não pode sair com amigos de qualquer modo, imagine: e se seus amigos querem comer? Como você pode explicar que não quer pipocas? Como você pode explicar que vai estar do outro lado da mesa bebendo água ou um refrigerante diet ou petiscando uma salada enquanto todos comem hambúrgueres? Não pode. Nem pode dizer que está de dieta/regime, é segredo. E você estará magra demais para dizer que está de regime/dieta. E eles podem obrigar você a comer. Mas você não pode comer...Porque eles querem que você coma? É porque se importam? Claro que não, É PORQUE ELES QUEREM VOCÊ GORDA. Como se atrevem? Têm inveja; É isso, inveja - em breve você vai se aperceber que todo o mundo quer você gorda. Seus pais, amigos, amantes, professores. O mundo está contra você e eles querem você numa espiral de obesidade mórbida. Afaste-se deles. De todos. Eles não a compreendem. Você não pode perder isto. Sempre que eles querem que você coma ou recupere "por sua saúde" você sabe a verdade. Eles a odeiam e querem você GORDA. Afaste-os! Afaste todos os que você ama.
É o único jeito de algum dia você vir a ser magra.


Um dia isto vai acabar.
Um dia você morre ou recupera. Morte é mais fácil pois primeiramente você precisa de admitir que precisa de ajuda. Uma das coisas mais difíceis que algum dia você vai fazer. Talvez você diga à sua mãe. Ela pode apoiar bastante você, ela podia já saber. Ou ela podia achar que não era um verdadeiro problema. E depois você está por conta própria. Ou talvez você diga ao seu médico. Se você conta à sua mãe ela a vai levar a um médico. É o melhor. Você está salva, eles compreendem. Errado.
Ter uma licenciatura não garante que não sejam ignorantes. E falando de garantir, o seguro pode não cumprir doenças mentais. E os custos nos tratamentos de distúrbios alimentares são ultrajantes. Mesmo que você encontre um bom doutor, você pode não ter dinheiro para pagar.

Enquanto você está se recuperando, sua escola vai ter de saber. Os professores não vão compreender, os alunos vão saber e não vão compreender. Seus comentários vão doer. Eles vão fazer você gritar quando lhe perguntam porque não come. Talvez lhe chamem de gorda por diversão. Algumas vão admirar você e tentar se tornar anoréticas/anoréxicas também...mas então, você sabe como é. Você quis ser uma vez e agora você compreende o quão idiota foi. Agora você sabe, mas é tarde demais. Talvez você só quisesses ser magra, nunca anorética. Mas é tarde demais e ou você luta ou morre. E lutar é a coisa mais difícil que você alguma vez fez. Você vai pôr comida na sua boca, aquela nojenta, terrível comida. Você vai entrar em pânico e querer chorar. Talvez até chore. Talvez pire e cuspa a comida. Talvez se recuse a comer e ter um adorável tubo de alimentação no estômago.
Triggers estão por toda a parte, e você quer se matar mais do que qualquer coisa. Você prefere morrer a morder qualquer alimento.
Talvez você até se mate. Ou morra durante a recuperação, ou depois com problemas causados pelo seu distúrbio alimentar.

Depois de lutar por muito tempo, talvez se recupere- depois de recaídas e alturas em que você achava que ia morrer, você recupera. Demora um tempo. Mesmo que você coma bem por meses e meses o seu corpo ainda não está o mesmo de antes. E você se questiona se algum dia será. Talvez até volte a ser o mesmo, mas você nunca voltará a ser a mesma. Não. Será sempre uma parte de você, que nunca irá embora. Anos mais tarde ainda está com você. Por vezes você vai passar e se olhar no espelho e, do nada, ficar 100kgs mais gorda. Você vai abanar a cabeça e entrar em pânico, esperando essa imagem ir embora. Algo pode vir a acontecer e você perde o controlo: talvez você perca o emprego e você volte a passar fome. Você NUNCA MAIS será a mesma. Você vai ver um artigo sobre alguém com um distúrbio alimentar e vai começar a chorar, lembrando a dor. Não só falando de dor física, que foi a única que descrevi pois é a única que podemos chegar a uma definição mais ou menos certa. Não há palavras para a angústia. Nunca pode ser descrita. É inimaginável. Nunca irá sentir algo assim, uma dor tão cheia de auto-ódio, vulnerabilidade, terror, raiva, desolação...

PORQUÊ? Por que você quer isto?? PORQUÊ? Eu sei que, mesmo depois de ler isto, você está aí sentada querendo isto. Porquê? É isto que você quer? Isto é beleza? Você quer honestamente ser assim?? Isto é glamour? Controlo? Deixe-me dizer-lhe que você nunca vai estar mais fora de controlo do que com um distúrbio alimentar. Não vai controlar o que põe na sua boca. Nem nos seus pensamentos. Zero controlo. Nenhum.

Você acha que vai ser capaz de ter controlo e acabar com isto? Acha que é a ÚNICA pessoa na terra que tem controlo nisto?? Apenas parar?? Acha que pode fazer isto, emagrecer, ficar perfeita e parar?? ERRADO! Não funciona assim. Você quer MORRER? QUER? Acha que isto é bonito? Bonito querer emagrecer até desaparecer? Aposto que acha que isto é tragicamente lindo. Mas não há nada de bonito nisto. Quer atenção? Compre um novo eyeliner, dance nua na rua! Precisar de atenção é algo normal, mas há um inferno de maneiras melhores de a receber.

Você quer olhar na cara dos seus familiares e ver que os está a matar também? A culpa? Imagine então ver os seus filhos mantando-se. Imagine todos os dias temendo que eles morram, e que não há nada que possa fazer. SABENDO que eles estão se matando e SABENDO QUE NÃO PODE FAZER N-A-D-A. Mais culpa. Imagine temer que chegue a casa e os encontre mortos. Enquanto você passa fome você não pensa nisto, está demasiado absorvida. Ocupada demais com seu peso, calorias, comida. Você vai ver quando recuperar claramente e vai se odiar por ter feito isto a você própria e aos seus familiares.
Nem você merecia isto, nem eles.
Você terá de viver com isso, porque você não pode apagar as memórias..viver com isto é difícil.
Talvez com o tempo você se orgulhe de ter recuperado desta doença, mas será que sobrevive até lá?

Mas você sabe o quê? Auto ódio é a última das suas preocupações agora. Porque você assinou a sua própria sentença de morte. E você não se importa...ainda. Mas você vai se importar. E vai chorar, e a raiva e jurar que daria algo para voltar atrás. Mas é tarde demais.

Esta é a realidade da anorexia. Uma morte lenta. Não é como nos artigos de como e quão orgulho as pessoas sentem de quem superou a doença. Não é a beleza que você vê quando olha numa modelo linda. Não é nada como aquela garota popular que é magra por natureza. Não é nada como o que você viveu até agora.
Não a vai fazer feliz.

Beleza não é mudar o seu corpo.
Beleza é amar o seu corpo do jeito que ele é.
Não queria anorexia nem bulimia. Não é o jeito de lidar com a dor. Há muitas opções, procure-as.
Viva.
Quer ser anorética? Pense duas vezes. Este não é o único caminho.


Texto retirado do tumblr,
O autor/fonte original é desconhecida.
Título original: so...do you want to become anorexic?
Texto modificado por mim e traduzido na TOTALIDADE por mim.
Se usar, dê crédito.

10 comentários:

  1. Espero que esse texto faça sentido e ajude alguém.
    Força a todas :( <3

    ResponderExcluir
  2. Uau, texto incrível! Um alerta e tanto.

    ResponderExcluir
  3. O texto mexeu muito com meu emocional, me descontrolei.
    chorei, miei (o quase nada que tinha), me odiei, chorei mais, me cortei, queria sangue, me cortei uma, duas, tres.... e continuei.... parei.... chorei mais.... senti raiva.... e pensei.... seria mais fácil eu acabar com isto logo... segurei a faca contra o peito... mas não o fiz, pois sou muito fraca para isto.... e por mais que eu queira morrer, meu coração quer continuar batendo. Ele insiste nisto, me acalmei .... fumei um pigas.... e a raiva ainda percorre minhas veias, meu corpo... .Mas faz parte.
    A Ana B. tem razão é um alerta, que duvido que alguém que está nesta vá seguir, quem vai querer engordar, eu sei que eu não quero engordar mais. É melhor se trancar no mundinho da Ana e da Mia.
    Força pra quem é forte o suficiente.
    Lindo texto Thalita.

    ResponderExcluir
  4. adorei o texto... bem verdade neh

    ResponderExcluir
  5. Vou tentar fingir que não li isso........

    xoxo

    ResponderExcluir

Seguidores