quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Você realmente sabe como se pesar?


A balança é um grande estímulo para a sua dieta, quando bem usada.


Mas você acha que é só subir nela e ver quanto o ponteiro está marcando? Não, não é bem assim. Você precisa aprender algumas regrinhas básicas para que o resultado seja válido. 
Vamos a elas.

Pergunta: qual a freqüência ideal para se pesar?

Resposta: uma vez por semana.
Por quê? Porque isso ajuda a estabelecer limites e disciplina na sua dieta, mas principalmente, leva a resultados reais. Pesar-se com muita freqüência pode levar a informações falsas, porque uma dieta segura é aquela em que você perde entre 1 e 2kg por semana, no máximo – a Dieta Nota 10 recomenda entre 1 e 1,5kg por semana. Pesar-se a todo instante pode fazer com que vários fatores extras, muitas vezes imperceptíveis, alterem o resultado.

Pergunta: onde se pesar?

Resposta: sempre na mesma balança, e de preferência, em casa.
Por quê? Porque a regulagem das balanças varia de uma para outra. Muitas coisas podem desregular uma balança (veja mais abaixo). Pense que balança é igual a relógio: nem todos marcam sempre a mesma hora.  Assim, se você se pesa em balanças diferentes, o resultado pode não ser verdadeiro. Se você puder, compre uma balança caseira, só para você. 

Pergunta: quando se pesar?

Resposta: de manhã cedo, sempre que possível.
Por quê? Por vários motivos: menos líquido acumulado no organismo; digestão já feita durante a noite; possibilidade de se pesar sem roupa, o que garante que o peso aferido é unicamente o do seu corpo. Em resumo, pela manhã você tem a oportunidade de se livrar de pesos extras: indo ao banheiro e pesando-se sem roupa.

Pergunta: quando não for possível pesar-se dessa forma, o que fazer?

Resposta: tente compensar as lacunas.
Por quê?  Porque só assim você poderá confiar no resultado e não se sentir desestimulado a continuar.
- Se você não tem balança em casa: escolha um local na rua que seja confiável (sempre o mesmo!), como uma boa farmácia, a balança da academia, a casa de um amigo que cuida bem do aparelho.
- Se você não pode se pesar sem roupa: escolha sempre a mesma roupa, ou ao menos o mesmo tipo de roupa. E que ela seja o mais leve possível. Tire o que puder (mesmo que esteja frio!):  procure ficar de manga curta, evite sapatos pesados como botas ou tênis (se der, fique descalço), deixe a bolsa de lado, retire acessórios como echarpes, casacos, etc.
- Se não puder ser pela manhã: escolha outro horário do dia e procure mantê-lo, mas evite estar com a bexiga ou o estômago cheio. A digestão influencia muito. 

Pergunta: devo considerar gramas ou quilos perdidos?

Resposta: considere apenas diferenças a partir de meio quilo - e, melhor ainda: a partir de 1 kg.
Por quê? Porque menos do que isso é indiferente numa dieta de emagrecimento. Para você ter uma idéia, ingerir uma daquelas garrafinhas de água de 300 ml aumenta seu peso em 300 gramas – a equivalência da água é 1 grama para cada 1ml.  O melhor de tudo, é, de fato, levar em conta cada quilo perdido.  Por isso é que a Dieta Nota 10 sugere: tenha a disciplina de se pesar a cada 7 dias, no mínimo. Considere resultados semanais. Pode ter certeza de que isso vai gerar menos ansiedade. 

Pergunta: quando o peso pode não ser real?

Resposta: muitas vezes!
Por quê?  Porque existem muitos fatores  que podem alterar seu peso:
- período pré-menstrual ou durante a menstruação. Nesses períodos, costuma-se reter muito líquido, o que pode resultar em até 2kg a mais. Procure se pesar a partir do terceiro ou quarto dia a partir do fim da menstruação.
- pesar-se pela manhã após um jantar com alimentos muito condimentados ou salgados. Curry, pimenta, shoyu, sal, molhos picantes, mostarda etc. Esses temperos, usados generosamente em determinados tipos de comida podem resultar em retenção de líquidos. Portanto, procure evitá-los na noite anterior.
 - pesar-se pela manhã após uma noite com vinho e bebidas destiladas. Mesmo problema: retenção de líquidos.
- pesar-se quando está com problemas de intestino preso. Ficar sem ir ao banheiro por muito tempo também aumenta, de forma irreal, seu peso. Procure sempre ingerir alimentos indicados para esse tipo de problema.
- pesar-se depois de suar muito. Se você suou demais na malhação, ou pegando muito sol na praia, ou derretendo na sauna, saiba que seu peso vai diminuir. Mas é só a sede bater que você vai ter que repor o líquido perdido, e seu peso vai voltar a ser o que era.
- pesar-se depois de ter iniciado (ou aumentado) atividade física que exija força muscular. Exercícios físicos que aumentam a massa magra (a musculatura), como ginástica localizada e musculação, podem criar uma falsa idéia de que seu peso não mudou ou, ainda que aumentou.  O ganho de músculos pode, assim, camuflar o emagrecimento.  E esse chamado ‘ganho de musculatura’ não significa necessariamente que seus músculos estejam aumentando visivelmente de tamanho, mas sim que eles estão ficando mais rijos (você está ficando menos flácido, eba!) e, portanto, mais pesados. 
Solução? Procure evitar pesar- se nesses momentos. Aguarde até tudo se normalizar e só então suba na balança outra vez.

 Até que ponto se pode confiar na balança? 

Bem, em média, são vendidas por mês cerca de dez mil unidades de balanças pessoais em todo o mundo. Prova de que o instrumento tem se tornado cada vez mais necessário e, portanto, mais confiável.  Quanto às tecnologias, são inúmeras. Vão desde a utilização de sensores - que recebem a pressão exercida sobre a plataforma e enviam para o circuito da balança o impulso que se transforma em peso - até o sistema de bioimpedância, que permite a mensuração de um maior número de variáveis como a gordura, água etc.  Mas você definitivamente não precisa de tudo isso. Basta ter uma balança confiável para chamar de sua. 

Texto retirado do blog No Body Perfect

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores