sábado, 23 de novembro de 2013

Esfoliante caseiro para o rosto

Hoje trago uma dica legal e super fácil (além de econômica), que pode ser feita em casa: esfoliação caseira para o rosto.

“A esfoliação caseira do rosto é um método muito simples para manter a pele com um aspecto saudável e hidratado, livre de células mortas, manchas de acne e cravos. Pode ser repetida 1 vez por semana. A seguir, hidrate a pele com um bom hidratante à base de água e use um protetor solar para o rosto, mesmo no inverno.
Para preparar a receita, junte duas colheres de açúcar e três colheres de mel, misture e esfregue no rosto suavemente em movimentos circulares. Lave com água morna e seque suavemente, com uma toalha felpuda. O açúcar pode ser trocado por aveia em flocos, em casos de peles muito sensíveis. Aconselha-se fazer a esfoliação no rosto com muito cuidado, para evitar a vermelhidão.“

Postei sobre esfoliação no Facebook e recebi diversas dicas, que enumero abaixo.:

1- mel e açúcar
2- sabonete e fubá
3- sabonete e açúcar
4- iogurte e açúcar
5- creme hidratante, óleo de cozinha e açúcar
6- borra de café e sabonete líquido
7- creme hidratante e açúcar
8- aveia com creme hidratante
9- fubá e água
10- açúcar e sabonete glicerinado
11- sal e hidratante
12- açúcar refinado (rosto) e para mãos (e corpo) açúcar cristal
13- sabão de coco e açúcar
14- só açúcar
15- só fubá
16- Para pele oleosa e acneica: 2 colheres de chá de açúcar, 1 colher de chá de suco de limão e uma gota de óleo vegetal, ou de soja, amêndoa ou azeite (melhor), enxaguar depois com água gelada para fechar os poros.
16- Pele normal ou seca: uma colher de chá de açúcar e outra igual de sal, 3 colheres de chá de óleo vegetal ou de azeite e 3 gotas de sabonete líquido
17- açúcar cristal e leite de rosas

posted from Bloggeroid

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Consegui trabalho!

Comecei num emprego com carteira assinada \o/
Nesse momento estou no horário de almoço (17h17), terceiro dia e cheia. Não do trabalho, mas cheia do estômago. To me forçando a comer mas não consigo, sentimentos atrapalham também, ultimamente muita gente vem fazendo bullying comigo, jogando pedras, agredindo, cuspindo etc. Sabe o medo que tenho de sair de casa agora? Pois é...
Bom, só dando um update aqui, depois posto com mais calma. :*

posted from Bloggeroid

domingo, 17 de novembro de 2013

Felicidade camuflada

Me sentindo um horror, inútil, um lixo. Nada que alguém diga mudará isso hoje. Sinto como se não servisse pra nada, nada de bom. Sentimento estúpido. Medo até de sair de casa, mexerem comigo. Pior que estou sozinha nisso tudo. Ninguém pode me ajudar nisso, ninguém tá aqui comigo, 24 horas por dia. Não gosto de ter crises, são más, transformam qualquer resquício de alegria em furacões de maldade. Fico sozinha, eu e minha mente, passamos por essa tempestade isolada dentro da minha cabeça, dessa tormenta sem fim, quase sem conserto. Não sei quanto mais aguento. Não sei quanto tempo mais vou levar essas confusões comigo. Quero estar sozinha e não estar. Quero alguém do meu lado mas não quero que me vejam assim. Quero ajuda e não pena. Quem eu quero perto de mim está longe, onde quero estar não posso ir. Quero dar um fim nisso e também não dar. Quero viver e não sobreviver. Só querer não dá, só desejar não basta. Lamentar ajuda a acalmar mas não resolve. Não quero viver a base de remédios, viver numa realidade que não é minha. Viver numa falsa lucidez, numa falsa alegria, em falsos sorrisos que provém de pílulas. Não, definitivamente não quero isso pra mim. Desejo muito fugir dessa guerra sem fim, fugir porque me esconder já não surte efeito. Um dia fugirei e não me encontrarão. Fugirei pra bem longe, para um lugar de paz, e essa névoa escura e sombria não me pegará. Então poderei sorrir sem medo de que essa felicidade seja finita.

posted from Bloggeroid

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Post sobre Queda de cabelo- informações

Queda de cabelo

- Causa: Se o cabelo fica fino e cai só num lugar, o problema é genético. Se saem tufos inteiros, é hormonal. Quando fica quebradiço, é nutricional. E quando a perda é generalizada, é estresse.

O estresse provoca no corpo alterações que levam à perda de cabelos e, mesmo que indiretamente, mudanças hormonais consequentes a esse estado podem potencializar a queda. Isso acontece porque o estresse aumenta a produção de estradiol, um hormônio que impede o crescimento dos cabelos.

• Secador e chapinha causam queda.
PARCIALMENTE VERDADEIRO. Chapinha e secador aquecem os cabelos e, se não aplicados corretamente, podem danificar a haste capilar.

• Cosméticos como tintura, gel, mousse, e produtos sem enxágue podem causar calvície.
FALSO. Esses produtos podem ressecar ou diminuir o brilho dos fios, mas não interferem na queda de cabelos. Saber a origem, a marca e o fabricante é importante para saber quem consultar sobre a qualidade e conteúdo dos produtos em caso de acidentes.

• Lavar os cabelos todos os dias apodrece a raiz levando à queda?
Mito. A lavagem diária dos cabelos não interfere com os bulbos capilares.Os fios que caem quando lavamos,cairiam de qualquer forma,pois já estavam em fase de queda.

• A caspa significa sujeira?
Mito. A caspa é um dos sinais da dermatite seborréica, não significando que as pessoas tenham maus hábitos higiênicos. No entanto, quem tem caspas deverá lavar a cabeça com maior freqüência e de preferência com xampus apropriados.

• O uso muito freqüente de tinturas pode danificar os cabelos?
Verdade. O uso muito freqüente de tintas pode danificar a haste dos cabelos, causando a perda do brilho e da resistência. No entanto não causa queda dos cabelos.

• Os cabelos devem ter as pontas cortadas para ganharem força?
Mito. A origem da crença vem da associação com as podas das plantas. A diferença é que as plantas crescem pelas pontas, que são vivas. Já os fios dos cabelos crescem pela raízes e as pontas são mortas, logo o corte não vai interferir no crescimento.

• Depois do parto os cabelos caem mais?
Verdade. Cerca de 2 a 4 meses após o parto, há uma queda intensa dos cabelos, porque termina a ação dos hormônios produzidos pela placenta.

• Começar a pintar os cabelos muito cedo favorece o aparecimento de cabelos brancos?
Mito. Nada que se faça na haste do fio modificará a sua formação pela raiz. O aparecimento precoce de fios brancos se deve a fatores genéticos.

• Dormir com os cabelos molhados faz muito mal?
Verdade: É prejudicial tanto para os cabelos, que podem adquirir fungos, como para a sua saúde, além do cabelo ficar fraco e quebradiço.

• Lavar o cabelo com água fria é melhor do que com água quente?
Verdade: Com água fria - a temperatura ideal é de 22 graus - você não retira toda a proteção dos fios, como acontece quando lava com água muito quente. Então, o melhor é deixar a temperatura de morna para fria.

• O uso frequente da tintura estraga o cabelo?
Verdade: Os produtos químicos utilizados para tingir o cabelo são muito fortes (percebe-se pelo cheiro), afetando a haste do fio, causando perda da resistência e perda do brilho natural dos fios. E embora seja muito prejudicial, não fará com que seu cabelo caia, já que não interfere na raiz do pelo.

• Não se deve usar o secador todos os dias?
Verdade: Se você puder, evite usar o secador diariamente, pois ele pode ressecar muito o cabelo.Além disso, quando usá-lo, não o deixe muito próximo dos fios (no mínimo, 30 cm de distância) nem a uma temperatura muito elevada.


Fonte: sites diversos.

posted from Bloggeroid

sábado, 2 de novembro de 2013

Menino

Lembro de quando era um menino. Não literalmente, não nasci com a genitália masculina, mas nem sempre fui uma garotinha. Desde pequena tinha a voz diferente das outras crianças, conforme cresci isso me acompanhou. Até que não foi tão ruim, fui chamada pra cantar numa orquestra por causa da voz grave. O que me deixava triste às vezes, porque nem sempre haviam músicas em tons graves e eu tinha que ficar pelo “meio“. Enfim. Lembro de usar as roupas do meu irmão, ele crescia e isso se passava pra mim; gostava de muita coisa mas sabem como é, crianças são maldosas - ou inocentes demais. Convivi da infância até os 17 anos com comentários de que era um garoto, me vestia como um, tinha voz grave, era reta (sem seios), andava e me portava estranho...
Mas dos 17 em diante resolvi mudar. Não por ninguém, por mim mesma. Liguei o foda-se.
Aprendi a dar ouvidos ao que EU gostava e queria pra mim.
Cresci, virei garota, virei mulher. Aprendi que passar anos com o cabelo no rosto ‘a lá Samara‘ só afastava as pessoas e as fazia me chamar de menino, sapatão, estranha.
Por vezes desejei - e desejo - ter nascido homem, me pergunto se a história seria diferente. Como seria meu corpo, meu rosto, minha voz, se seria tímido ou extrovertido, não sei, principalmente pelas questões hormonais, menstruação.
Odeio. Odeio mesmo, muito. Tenho vontade de me enfiar uma faca quando isso ocorre.
A alguns anos me apaixonei e me envolvi pelo mundo drag. Tão mágico, você pode ser quem você quiser e no dia seguinte, pela manhã, voltar a ser quem é e seguir com a vida. Esse é o mundo drag, poder se fantasiar e ser um personagem sem deixar de ser você. Às vezes fujo pra esse mundo. Me travisto e enceno um outro tipo meu, mas ainda assim eu. Meio confuso, eu sei. (Não, não faço shows nem nada assim, faço isso pra mim, quando estou sozinha, em geral quando estou triste que me maquio e começo a dançar). Não confundam com travestis, nem com transgênero, nem nada do tipo. Há muita diferença em cada.
Já pensei em ser tomboy e viver integralmente como um menino. Um menino fechado e quieto que aparece quando estou mal. Quieto na dele e sem dar muita atenção ao redor, apenas analisando tudo.

Ah, nem sei pra que escrevi isso tudo. Só quis desabafar e deixar o relato de uma menina que por vezes quis ser menino e hoje anda em contradição.

posted from Bloggeroid

Seguidores