segunda-feira, 23 de junho de 2014

Vampira

Esses últimos dias tem sido estressantes pra mim, com aparência e tudo mais. Não sabe como é frustrante pintar o cabelo e abrir mão do colorido, passar por períodos sem dinheiro pra comprar um book e ver seu rosto mudando e seu corpo também, ver que não tem mais aquela cor que tinha antes, deixar seu bem estar de lado já que mais nada te agrada, pensar demasiadamente nos outros e passar mal todos os dias. Tô cansada, fisicamente falando.
Parece que há algo dentro de mim que me suga; todos os dias quando saio do trabalho me olho no espelho e me sinto como uma vampira em abstinência (dizem que vampiros quando não bebem sangue ficam pálidos, com expressão de cansaço). A vida está me sugando, na verdade muita coisa está. Tenho tido tantas preocupações e no final percebo que sempre estou sozinha e que, infelizmente, não posso deixar o dia de todos bem. Isso me frusta. Se pudesse tirar minha alegria para dar a outras pessoas assim o faria. Não me importo mais comigo, tanto faz.
Minha mente... Minha mente virou um âmbito de loucura e desespero. Estava indo tudo tão bem até que a vida deu uma reviravolta e me jogou pra debaixo de um ônibus. Um ônibus que não tem destino certo.






Fotos sem make.


No final de tudo é apenas eu. Por mais que digam o contrário, tenho que passar por toda essa turbulência sozinha.
Que fome sinto agora... São quase uma e meia da tarde, não como nada desde ontem. Verei se tem algo que me agrada na cozinha. Apesar da fome que sinto esses dias, a vontade de comer parece pouco existir. Meu corpo pede por algo que não consigo entender, um descanso talvez, descanso de mim, desse monstro horrendo que não é mais metafórico e sim real.

4 comentários:

  1. Querer fugir de si mesma nunca dá certo, então te aconselho a encarar isso com unhas e garras! E saiba qe estou ao seu lado querida... n sei se vc se lembra de mim aqui no seu blog.. fiquei mt tmpo sem postar mas agora voltei.

    To torcendo por vc. Não se abata! Não desista! por mais dificil que seja, permaneça de pé. As vezes é bem dificil eu sei e n serei hipocrita de negaar, mas sei tb que tu tem capacidade de superar isso!

    um super beijooo,


    ps.: um selinho pra vc!!
    http://3.bp.blogspot.com/-q5NrZPHTBv4/Ti332RvWk2I/AAAAAAAAAiQ/WjTBuGryQ_I/s203/princess.jpg

    Mundo de Ana e Mia

    ResponderExcluir
  2. Tu expressas-te tão bem que parece que estou diante de uma página de um livro. Só que infelizmente não é ficção e trata-se de um desabafo teu, um grito mudo.

    São muitos anos de luta contra ti própria e sabemos perfeitamente que será quase impossível um dia acordares e veres tudo normal, um mundo normal, uma Thalita nova.

    Felizmente melhoraste relativamente a tempos atrás e gosto de ver isso, é bom saber que estás melhor, contudo as recaídas irão sempre acontecer, o desânimo irá aparecer muitas vezes mas o mundo gira e hás-de dar a volta por cima.

    Força, querida! :)

    ResponderExcluir
  3. Eu acho vc uma garota muito batalhadora,e cheia de garra pra enfrentar seus monstros,visito teu blog há alguns meses e te admiro pela tua coragem!


    Abraços!!

    ResponderExcluir

Seguidores