sexta-feira, 4 de julho de 2014

Envolva-me

Visto seu casaco, finjo que é você quem me envolve. Fica um pouco grande em mim mas não me importo. Tem seu cheiro, na verdade um misto do seu cheiro com um pouco do cheiro dos cigarros que põe na boca. O casaco me aquece, assim como você o faz em dias frios. O mesmo casaco que você já tirou do corpo e me deu para que eu não sentisse frio, por mais que você sentisse dor no corpo por isso. Aliás você sempre faz esses gestos de cavalheirismo, até mais do que imagina. Acordo pela manhã e ajeito as mangas, continuam grandes em mim mas não ligo. Percebo que ele não tem mais o seu cheiro - só o seu cheiro; agora tem o seu e o meu juntos.

6 comentários:

  1. Adorei o texto.
    Estou seguindo, segue de volta?

    ResponderExcluir
  2. É lindo. Isso se ele não tiver ido embora e deixado só o casaco. Aí é lindo e triste.

    ResponderExcluir
  3. A verdade é que me sinto uma menininha quando visto as camisas de banda dele e elas ficam enormes em mim.

    Adorei o texto!

    ResponderExcluir

Seguidores